6000 AC Pet-Nap branco

6000 AC Pet-Nap branco

9,99 €
750ml
Vinho Verde Branco Ad Ponte da Barca Loureiro, Arinto e Avesso
De cor amarela palha e ligeiro turvo, devido a não ser filtrado. O aroma revela uma harmonia perfeita entre as notas florais do Loureiro, a mineralidade do Arinto e as nuances de fruta tropical tão caraterísticas do Avesso, finalizando com um toque de fermento de pão que advém da autólise das leveduras que fazem a fermentação na garrafa e aí permanecem. Tem bolha graciosa e persistente, que lhe confere ainda mais elegância.
- +
Poucas unidades em stock
SKU
173.052
Entregas gratuitas (encomendas superiores a 50€)
Entregas rápidas em 48 horas (encomendas efetuadas até às 11h)
Pagamentos 100% seguros

Vinificação: Após a vindima, recorre-se a uma prensagem suave e deixa-se que a fermentação ocorra por ação de leveduras indígenas. No entanto, antes de a fermentação terminar, o vinho é engarrafado, finalizando assim a fermentação dos açúcares na garrafa e libertando dióxido de carbono que é o responsável pela presença de efervescência.

Consumo:

Ficha técnica:

Casta
Casta

Loureiro, Arinto e Avesso

Região
Região

Vinho Verde

Colheita
Colheita

2002

Produtor
Produtor

Ad Ponte da Barca

Tipo de vinho
Tipo de vinho

Branco

Teor alcoólico
Teor alcoólico

13

Capacidade
Capacidade

750ml

Sobre a região

Vinho Verde

A Região Vitivinícola dos Vinhos Verdes (IGP Minho) é uma das regiões mais originais e diferenciadas de Portugal, marcada por uma influência atlântica extremada, numa paisagem verde e húmida, com temperaturas frescas e chuvas abundantes.
 
É a maior denominação de Portugal, com uma área de cerca de 24.000 hectares, ocupando uma mancha imensa por todo o noroeste continental, com a propriedade repartida por milhares de pequenas parcelas, por vezes pouco maiores que pequenos quintais.
 
Situa-se no extremo norte de Portugal continental, delimitada a norte pelo rio Minho, estendendo-se pela costa atlântica até à cidade do Porto, e para sul até as margens do rio Vouga.
 
As vinhas concentram-se ao longo dos vales dos rios principais. Os solos são homogéneos e maioritariamente graníticos, férteis a muito férteis, de acidez elevada.

A denominação divide-se em nove sub-regiões: Monção e Melgaço, Lima, Basto, Cávado, Ave, Amarante, Baião, Sousa e Paiva. Monção e Melgaço apresenta-se como a mais singular das sub-regiões, a única que, por se encontrar protegida da influência direta atlântica, apresenta um clima de influência marítima e continental, com vinhos mais encorpados e de graduações alcoólicas mais elevadas.

 

Ver produtos da região