Churchill's Grafite Tinta Roriz 2019

Churchill's Grafite Tinta Roriz 2019

17,99 €
750ml
Porto e Douro, Portugal Tinto Churchill's Graham Tinta Roriz
Cor cereja preta profunda com contorno violeta. Selvagem e sedutor no nariz, com aromas intensos a pimenta preta, especiarias secas e mentol.
- +
Em stock
SKU
80.128
Entregas gratuitas (encomendas superiores a 50€)
Entregas rápidas
Pagamentos 100% seguros

Vinificação: A vinificação ocorre em cubas de inox, de pequena capacidade. As uvas são totalmente desengaçadas e posteriormente esmagadas. Após um período de 4 dias em maceração a frio, a fermentação ocorre sob temperatura controlada. Cerca de 30% deste vinho estagia 12 meses em cascos novos e velhos de carvalho francês. O restante é guardado em cubas de inox para manter o seu carácter frutado aliado à complexidade do carvalho proveniente dos vinhos em cascos.

Consumo: Pronto a consumir desde já, ou nos 24 meses seguintes

Ficha técnica:

Casta
Casta

Tinta Roriz

Região
Região

Porto e Douro, Portugal

Colheita
Colheita

2019

Produtor
Produtor

Churchill's Graham

Tipo de vinho
Tipo de vinho

Tinto

Teor alcoólico
Teor alcoólico

13.5

Servir a
Servir a

16 a 18

Capacidade
Capacidade

750ml

Enólogo
Enólogo

John Graham, Ricardo Pinto Nunes

Sobre a região

Porto e Douro

O Douro é uma das regiões mais selvagens e agrestes do território nacional, talhada pelo vale do rio Douro e pela pobreza dos solos xistosos.

Em nenhum outro ponto de Portugal a intervenção do homem na paisagem é tão evidente,
visível nos milhares de socalcos espalhados pela região, desafiando a gravidade das encostas íngremes onde as vinhas estão implantadas. Pela sua beleza e monumentalidade, a região foi reconhecida pela UNESCO como ‘Património da Humanidade’.

O Douro demarca-se segundo o eixo do rio Douro, estendendo-se desde a fronteira com Espanha até cerca de noventa quilómetros de distância da cidade do Porto.

Fortemente montanhosa, a região está protegida da influência atlântica pela Serra do Marão. O clima é habitualmente seco, com invernos frios e verões muito quentes, variando entre a precipitação moderada a Oeste e a secura quase desértica das terras próxima à fronteira.

É no Douro que nasce o Vinho do Porto, principal embaixador dos vinhos nacionais, amparado nas duas últimas décadas pelos vinhos tranquilos do Douro que ganharam consideração e independência, afirmando-se hoje como fonte de notoriedade redobrada para a região.

A Região Vitivinícola do Douro (IGP Duriense) divide-se em três sub-regiões, Baixo Corgo, Cima Corgo e Douro Superior. O Baixo Corgo, sob a influência direta da Serra do Marão, é a sub-região mais fresca e chuvosa, a mais fértil e com maior densidade de vinhas.

Ver produtos da região