Monte D'Oiro tinto 2020

Monte D'Oiro tinto 2020

10,99 €
O preço mais baixo dos últimos 30 dias: 10,99 €
750ml
Lisboa, Portugal Tinto Quinta do Monte D'Oiro Syrah
Versátil e gastronómico, este tinto representa o equilíbrio harmonioso entre a casta (Syrah), a fruta e o terroir. Um vinho que se interpenetra, com a alegria da sua juventude, na culinária do dia-a-dia
- +
Em stock
SKU
52.308
Entregas gratuitas (encomendas superiores a 50€)
Entregas rápidas em 48 horas (encomendas efetuadas até às 11h)
Pagamentos 100% seguros

Vinificação: Trabalho parcelar desde a vindima até ao fim do estágio em barrica. Vindima manual, com escolha e desengace sem esmagamento. Fermentação em cubas de inox com reprodução da pisa a pé e controlo de temperatura (individual por cuba). Rendimento médio por parcela: 5 ton/ha.

Consumo:

Ficha técnica:

Casta
Casta

Syrah

Região
Região

Lisboa, Portugal

Colheita
Colheita

2020

Produtor
Produtor

Quinta do Monte D'Oiro

Tipo de vinho
Tipo de vinho

Tinto

Teor alcoólico
Teor alcoólico

14

Capacidade
Capacidade

750ml

Sobre a região

Lisboa

As colinas ondulantes que se estendem ao longo da costa atlântica situada a norte de Lisboa acolhem algumas das zonas mais produtivas e heterogéneas de Portugal.
 
As vinhas estabelecidas junto à linha da costa sofrem de uma forte e decisiva influência atlântica, enquanto as vinhas implantadas no interior, protegidas da influência marítima pelos diversos sistemas montanhosos, beneficiam de um clima mediterrânico de transição.
 
Os vinhos das zonas costeiras apresentam graduações alcoólicas muito baixas, com uma leveza comparável aos vinhos do Minho. Os solos dividem-se entre zonas argilo-calcários e argilo-arenosas.

A Região Vitivinícola de Lisboa (IGP Lisboa) é composta por nove denominações de origem, agrupadas em três conjuntos geográficos caraterísticos: a sul, bem perto de Lisboa, encontram-se as denominações de Bucelas, Colares e Carcavelos; no centro da região encontram-se as denominações de Alenquer, Arruda, Lourinhã, Óbidos e Torres Vedras, enquanto a norte se situa a denominação de Encostas d’Aire.

 
Entre as nove sub-regiões destacam-se Bucelas, Colares e Carcavelos. Bucelas ganhou espaço próprio pelo estilo vincado dos seus vinhos brancos, onde domina a casta Arinto, capaz de oferecer frescura e longevidade.

Ver produtos da região